‘Sempre soube que tinha sido o Geisel’, diz irmã de guerrilheiro do Araguaia morto na ditadura

Memorando da CIA afirma que ex-presidente militar autorizou execuções de opositores. Família de Antônio Teodoro mora no DF e busca por restos mortais do estudante.Por Marília Marques, G1 DF. Última foto, em vida, de Antônio Teodoro de Castro, estudante de farmácia que teria sido morto na ditadura (Foto: Eliana de Castro/Arquivo Pessoal). Irmã de um…