Ministro da Justiça vira vizinho de ativista pró-impeachment de Dilma

mônica bergamoFolha de S. Paulo: Ministro da Justiça vira vizinho de ativista pró-impeachment de Dilma A administração do flat em que o ministro José Eduardo Cardozo, da Justiça, vive em SP, com seus pais, detectou a presença de moradores ligados à organização de movimentos pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. Depois que um deles participou de…

Eduardo Cunha coloca na pauta votação projeto que pode mudar reajuste dos aposentados

Eduardo Cunha inclui na pauta projeto sobre valorização do salário mínimo Proposta mantém a atual regra, mas estende o reajuste a aposentadorias e benefícios previdenciários acima do mínimo ISABEL BRAGA/O GLOBO  O governo poderá ser obrigado a discutir, já na próxima semana, as regras de reajuste do salário mínimo a partir de 2016. O presidente…

Câmara reajusta benefícios e aprova passagens para mulher de deputado

Câmara reajusta benefícios e aprova passagens para mulher de deputado Reajuste inclui verba de gabinete, auxílio-moradia gastos com passagens. Segundo Cunha, impacto é nulo porque haverá cortes em outras áreas. Fernanda CalgaroDo G1, em Brasília O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), autorizou nesta quarta-feira (25) aumento em todas as despesas com parlamentares, incluindo verba…

Senadores do PSDB, PP e PPS descartam, por ora, pedido impeachment de Dilma

Senadores do PSDB, PP e PPS descartam, por ora, pedido impeachment de Dilma Em discursos no plenário na tarde desta segunda-feira (23), senadores do PSDB, do PP e do PPS descartaram, ao menos por ora, um pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff em razão doescândalo de corrupção que envolve a Petrobras. Nos pronunciamentos, todos…

MPs que estabelecem ajuste fiscal podem ser alteradas para garantir aprovação do Congresso

MPs de ajuste fiscal podem sofrer mudanças para ser aprovadas em Plenário O governo pode ter de negociar mudanças nas duas medidas provisórias (MPs) de ajuste fiscal para vê-las aprovadas no Senado. Editadas no final do ano passado, as MPs 664/2014 e 665/2014 restringem benefícios trabalhistas e previdenciários e encontra resistência entre os senadores. O…

Fim do fator previdenciário vai depender da correlação de forças políticas no Congresso

Fim do fator previdenciário vai depender da Câmara dos Deputados. Parlamentares que tomaram posse no dia 1º de fevereiro poderão decidir pelo fim ou pela manutenção do fator previdenciário, tese agora fortalecida com o anúncio oficial de que o Governo Federal está disposto a debater o assunto. Os deputados federais que tomaram posse no dia…